Eventos

Exposição |”Instrumentos de Avaliação Psicológica na Linha do Tempo”

22 Abril 2024
18:00h

Galeria Malangatana

Ispa – Instituto Universitário

Na próxima segunda-feira, dia 22 de abril, o Ispa – Instituto Universitário inaugura uma “viagem” pela história da avaliação do comportamento humano. Testes, livros, cubos, bonecos e todo o tipo de instrumentos de avaliação psicológica das décadas mais remotas até à contemporaneidade estão em mostra na Galeria Malangatana do Ispa, onde a Psicologia deu os primeiros passos em Portugal.

Esta exposição oferece-nos uma viagem histórica pela avaliação do comportamento humano, dando-nos conta da evolução de instrumentos psicológicos desde o início do século XX.  

Este espólio entrelaça-se com a história do próprio Ispa e também com a história da prática da Psicologia em Portugal.  Em 1962, o Ispa, a primeira escola de Psicologia em Portugal, foi inaugurada como Instituto de Ciências Psicopedagógicas, marcando o início da educação superior em Psicologia no nosso país. O aparecimento do Ispa trouxe consigo a missão de recuperar o tempo perdido tendo adquirido os instrumentos de avaliação psicológica mais relevantes à época (décadas de 60, 70 e 80), incluindo materiais significativos que remontam à primeira metade do século XX, os quais enriquecem hoje o espólio desta exposição. 

A formação desta coleção, essencial para entender a evolução da avaliação psicológica em Portugal, contou com a valiosa colaboração do Centro Distrital de Segurança Social de Lisboa, com o empréstimo de diversos instrumentos de avaliação psicológica que pertenceram ao Centro de Observação e Orientação Médico-Pedagógica (COOMP), um serviço público criado em 1968 no Instituto de Assistência a Menores do então Ministério da Saúde e Assistência, dirigido por Joaquim Bairrão e que foi totalmente inovador na área da avaliação e intervenção com crianças em risco e com deficiência.

Por sua vez, o Centro de Psicologia Aplicada do Exército e o Centro de Psicologia da Força Aérea Portuguesa disponibilizaram, para esta Exposição, alguns instrumentos utilizados para fins de seleção profissional até à viragem do milénio e que apenas deixaram de o ser após a sua informatização.

Ao percorrer esta exposição, os visitantes terão a oportunidade de explorar a evolução dos métodos de avaliação, a diversificação dos públicos-alvo, desde bebés a adultos, diferentes domínios da deficiência, refletindo sobre o papel crucial que jogam no avanço da compreensão humana.

Estas parcerias permitiram oferecer uma visão mais abrangente sobre o legado da avaliação psicológica no país. Este espólio é, também, uma forma de lembrar a importância destes materiais e evidenciar a contribuição inestimável do Ispa para o desenvolvimento da Psicologia em Portugal.

Curadores:

Júlia Serpa Pimental

Isabel Felgueiras

Equipa de Curadoria:

Beatriz Cuba

Beatriz Almeida

Patrícia Gonçalves

Prof. Carlos A. Lopes

Prof. Carlos Anunciação

João Frade

Prof.Miguel Basto Pereira

Prof. Rui Bártolo

Prof. Telma de Sousa Almeida

Outros eventos

ver todos