Eventos

Encontro: Sofrimento psíquico e linguagens da cura em Moçambique

24 Maio 2024
10:00h

Sala de Atos
Ispa – Instituto Universitário

O Ispa – Instituto Universitário organiza dia 24 de maio, entre as 10h e as 12h, na Sala de Atos, o encontro “Sofrimento psíquico e linguagens da cura em Moçambique”. Este encontro visa fomentar a discussão e o debate sobre a complexidade do cenário de saúde mental em Moçambique e explorar novas abordagens teóricas e práticas no tratamento de pacientes de diversas origens culturais. Contará com a presença de especialistas, como Francesco Vacchiano (Universidade Ca’Foscari de Veneza e ICS – Instituto de Ciências Sociais, Universidade de Lisboa), Francesca Cancelliere e Giulia Cavallo (ambas da Universidade de Lisboa), além de comentários de investigadoras do AppsyCI: Maria Emília Marques, Ana Isabel Pereira e Andreia de Carvalho Dickinson.

Sinopse

O encontro visa explorar, através da apresentação do livro “Sofrimento psíquico e linguagens de cura em Moçambique” (organizado por Francesco Vacchiano), o papel desempenhado pela medicina tradicional no contexto da saúde mental em Moçambique, examinando os conhecimentos e técnicas de vários intervenientes e as suas interações dentro de um sistema de saúde mais abrangente.

Os palestrantes adotam uma perspetiva crítica sobre a saúde mental, questionando a importância das representações culturais na colaboração entre a psiquiatria/psicologia e as práticas ancestrais/religiosas. Após a apresentação do livro, o evento incluirá dois aprofundamentos temáticos com contribuições de duas autoras do livro. Com a apresentação “Crianças (irre)quietas e pais isolados. Práticas parentais, infância e saúde em Moçambique”, Francesca Cancelliere discutirá a diversidade de estratégias e precauções adotadas por famílias com filhos diagnosticados com deficiências físicas e psíquicas em contextos de vulnerabilidade social, nas províncias de Maputo e Zambézia. Posteriormente, Giulia Cavallo explorará o papel das chamadas terapias religiosas, com uma apresentação intitulada “O ‘trabalho de Zione’: práticas terapêuticas das igrejas zione em Maputo, Moçambique”. O objetivo do encontro é fomentar uma reflexão não apenas sobre o panorama plural da saúde mental em Moçambique, mas também sobre repensar novas perspetivas teóricas e práticas no atendimento clínico a pacientes de diferentes culturas, moldadas por representações coletivas e individuais.

Consulta o programa aqui.

Outros eventos

ver todos