Eventos

dISPAr Teatro apresenta “Miragens”

03 Junho 2024
20:00h

O Ginásio do Ispa será o palco da apresentação de “Miragens”, uma produção original do dISPAr Teatro, 3 de junho às 20h. A entrada é gratuita, sujeita a reserva prévia. Inspirada nas peças “Pervertimento” e “Outros gestos para nada” de José Sanchis Sinisterra, a peça, encenada por Carlos Nicolau Antunes, conta com um elenco talentoso e música ao vivo. “Miragens” desafia a perceção da realidade e da ficção, convidando o público a explorar a coexistência do absurdo e da poesia na experiência humana. Reserve já o seu lugar e não perca esta oportunidade única de reflexão e entretenimento.

“Miragens” é uma produção original do dISPAr Teatro, inspirada nas peças “Pervertimento” e “Outros gestos para nada” de José Sanchis Sinisterra. A encenação e dramaturgia estão a cargo de Carlos Nicolau Antunes, com assistência de Gonçalo Gabriel. O elenco é composto por Adriana Lopes, Artur Correia, Bárbara Marques, Carlo Muñoz, Carolina Bebiano, Cassiano Simões, Daniel Pereira, Gonçalo Gabriel, Inês Quintas, Jini Afonso, Raquel Calisto e Tomás Alvarenga. A música ao vivo é garantida por Tomás Alvarenga no saxofone e Daniel Pereira no sintetizador de sons. Pedro Blanc é responsável pelo apoio técnico de som e luz, enquanto a produção conta com a colaboração de António Gonzalez e Nuno Amarante.

A peça explora a coexistência da incerteza dos sentidos e poesia da natureza material da realidade, questionando os elementos paradoxais na nossa experiência. Nela, destacam-se metáforas alternando entre a autenticidade da performance diária e os desertos metafóricos que crescem dentro de cada um.

A entrada é gratuita, sujeita à lotação do espaço.
As reservas devem ser feitas através deste formulário.


Sinopse:

Miragens

Será a realidade mais real que a ficção? Ou esta ultrapassa-a? 

A vida é  um palco onde actuamos? E um palco, permite-nos vida verdadeira?

O absurdo e a poesia podem existir conjuntamente?

Teatro, etimologicamente, é  o "lugar onde se vê"

Neste, personagens deambulam  "como  num  sonho". 

Procuram respostas para o drama da sua existência. 

Ou serão perguntas? Sinais? Pistas? Mensagens? Símbolos? Nem tanto...

Nada. Às vezes nada. Pensar, nada.

Já estiveste alguma vez num deserto?

Os desertos crescem...

Ficha técnica:

  • Encenação e Dramaturgia : Carlos Nicolau Antunes
  • Assistente de encenação: Gonçalo Gabriel
  • Cocriadores e intérpretes: Adriana Lopes, Artur Correia, Bárbara Marques, Carlo Muñoz, Carolina Bebiano, Cassiano Simões, Daniel Pereira, Gonçalo Gabriel, Inês Quintas, Jini Afonso, Raquel Calisto e Tomás Alvarenga, Anne Sealand
  • Saxofone: Tomás Alvarenga
  • Sintetizador de sons: Daniel Pereira
  • Apoio técnico de som e luz: Pedro Blanc
  • Apoio à Produção: António Gonzalez e Nuno Amarante

Outros eventos

ver todos