O seu browser não suporta JavaScript! ISPA - Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida | ISPA – Instituto Universitário
PT

Newsletter ISPA

ISPA - Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida

ISPA - Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Insígnia do ISPA com a divisa "Sapere Aude" (Ousar saber)

O ISPA foi fundado pela congregação das ordens religiosas católicas e iniciou a sua atividade em 1962 com a designação de Instituto de Ciências PsicoPedagógicas.

 

Veio a adotar a designação de Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA) em 1964 e desde então têm vindo a afirmar-se como uma referência incontornável na histórica do ensino superior em Portugal.

 

Em 1977 a responsabilidade instituidora do estabelecimento de ensino ISPA passou a ser assegurada por uma cooperativa aberta a docentes e não-docentes que nele colaboram e a demais personalidades de reconhecida relevância social, científica e cultural.

 

O ISPA foi pioneiro no ensino e investigação das ciências psicológicas e do comportamento nele funcionando o primeiro curso superior de psicologia e, já na década de 80, no ensino e investigação em comportamento animal.

 

Ainda na década de 80 viria a ocupar as suas atuais instalações, sitas na rua Jardim do Tabaco - Alfama, em pleno coração histórico da cidade de Lisboa.

 

È também neste período que é criada a Escola de Estudos Pós-Graduados e se iniciam no ISPA os primeiros cursos de mestrado em Portugal nos domínios da Etologia, Psicologia Psicanalítica, Psicossomática ou Psicologia Ambiental.

 

A qualificação e diversificação da oferta formativa e pós-graduada continuaria a ser reforçada ao longo das décadas de 80 e 90 através do desenvolvimento de uma rede de protocolos de associação com universidades europeias e brasileiras de referência e que contribuiu para o intercambio de estudantes, docentes e investigadores e decisiva para o desenvolvimento e projecção das ciências do comportamento em Portugal.

 

Desde o seu início o projeto ISPA estruturou-se numa matriz de desenvolvimento institucional que concilia seis linhas força centrais:

 

  1. Constituição de um corpo docente próprio prestigiado e qualificado;
  2. Atividade científica e pedagógica de alto nível, plural e multidisciplinar;
  3. Produção científica relevante, internacionalmente reconhecida e referenciada;
  4. Uma aposta clara na internacionalização através de parcerias fortes com instituições universitárias e centro de investigação e intervenção de referência;
  5. Atividade editorial diversificada com títulos que são, atualmente, referências nas áreas das ciências sociais, da     educação e do comportamento;
  6. Intervenção social e comunitária relevante, permanente e diversificada. 

 

A consolidação do projecto ISPA resultou, em 2009, na sua reconversão em Instituto Universitário, no quadro do novo modelo organizativo do ensino superior introduzido pelo regime jurídico das instituições do ensino superior.

 

Com esta nova matriz institucional o ISPA passou a ministrar, de forma autónoma, todos os graus académicos previstos no quadro da organização dos estudos introduzido pelo Processo de Bolonha (1ºs Ciclos – Licenciaturas, 2ºs Ciclos – Mestrados, Mestrados Integrados, 3ºs Ciclos - Doutoramentos) alargando também a sua oferta formativa a outras áreas do conhecimento com particular destaque das ciências da vida.

 

É neste contexto que é criado, em 2009, o Centro de Biociências do ISPA e se inicia, em 2010, o funcionamento da Licenciatura em Biologia, em 2013 o funcionamento do Mestrado em Biologia Marinha e Conservação, em 2015 o funcionamento da primeira licenciatura em Bio-Informática em Portugal.

 

Este período assistiu ao aprofundamento de parcerias em domínios estratégicos para o desenvolvimento do ISPA destacando-se aqui os programas doutorais em Ciências da Educação com a Universidade Nova de Lisboa, em Neurociências e Biologia Integrativa e Biomedicina em consórcio com a Universidade Nova de Lisboa, Instituto Gulbenkian de Ciência e fundação Champalimaud, os mestrados em NeuroPsicologia e Neurociências Cognitivas e Comportamentais com a Universidade Católica Portuguesa e a licenciatura e mestrados em Educação Básica e Ensino Pré-Escolar com a ESEI Maria Ulrich.

 

Esta nova realidade reflectiu também a excelência do projeto pedagógico e científico do ISPA nestas áreas do conhecimento, alicerçado na elevada qualificação do seu corpo docente e nas mais elevadas classificações atribuídas, por entidades independentes.

 

As atividades de extensão universitária e transferência de conhecimento para o exterior são, desde sempre, uma vertente distintiva do ISPA. Neste domínio destacam-se os diversos serviços de consultoria e acessória a entidades nacionais e internacionais (públicas e privadas) prestados pelo seu corpo docente e as estruturas de extensão universitária como o Centro de Avaliação Psicológica ou a Clinica ISPA.

 

Em 2012 o ISPA celebrou o seu cinquentenário. Foram cinquenta anos de desenvolvimento institucional a todos os títulos assinalável que determinaram de forma decisiva a história, a afirmação e o reconhecimento da psicologia, das ciências do comportamento e da vida em Portugal. 

 

Sendo uma da mais antigas instituições que integram a rede de ensino superior em Portugal, o ISPA contribuiu para elevar os padrões e a vocação universalista e multicultural do ensino superior no respeito pelos valores que distinguem e afirmam este projeto universitário.

 

ISPA, a consciência do passado ajuda-nos a projetar o futuro