O seu browser não suporta JavaScript! Resultados preliminares do Programa da Tartaruga em Portugal | ISPA – Instituto Universitário
PT

Resultados preliminares do Programa da Tartaruga em Portugal

Resultados preliminares do Programa da Tartaruga em Portugal
Ciclo de conferências ISPA - 2020/2021 | ESPECIAL MESTRADOS | Maryse Guedes
Ciclo de conferências ISPA - 2020/2021 - ESPECIAL MESTRADOS

Quinta, Maio 13, 2021 - 17:00

Quinta, Maio 13, 2021 - 18:00


Videoconferência

No âmbito do Ciclo de conferências ISPA - 2020/2021  |  ESPECIAL MESTRADOS, Maryse Guedes, dará uma palestra no contexto do Mestrado em Psicologia e Psicopatologia do Desenvolvimento, com o título "Resultados preliminares do Programa da Tartaruga em Portugal".

 

Host: Manuela Veríssimo

 

Entrada livre

 


 

Resumo da conferência

As perturbações de ansiedade são as perturbações mentais mais prevalentes a nível mundial, incluindo em Portugal. A intervenção dirigida aos fatores de risco precoce para o desenvolvimento de perturbações de ansiedade é essencial para minimizar os seus custos para as pessoas, as famílias e a sociedade. Entre esses fatores, encontra-se a inibição comportamental em idade pré-escolar. Fundamentando-se numa abordagem desenvolvimental transacional, o Programa da Tartaruga é uma intervenção multimodal dirigida a pais e crianças inibidas, originalmente desenvolvida nos EUA, para colmatar as lacunas existentes nos poucos programas de prevenção da ansiedade em idade pré-escolar. Esta conferência tem como objetivo apresentar os resultados preliminares da avaliação da aceitabilidade e efetividade do Programa da Tartaruga no nosso país. A análise temática dos grupos focais conduzidos com especialistas mostrou que os objetivos e conteúdos do programa foram percecionados como aceitáveis e que foram apenas recomendadas modificações menores na forma como a intervenção é apresentada às famílias. Resultados semelhantes foram obtidos nas entrevistas em profundidade, conduzidas com os pais que participaram no Programa da Tartaruga. Além disso, a maioria dos pais percecionou mudanças positivas ao nível da sensibilidade parental e dos comportamentos inibidos da criança em situações sociais, após a participação no programa.