O seu browser não suporta JavaScript! Pedro Costa | ISPA – Instituto Universitário
PT

Corpo Docente

Pedro Costa
Pedro Costa

Informação Geral

Categoria Académica: 
Investigador
Unidade de Investigação: 
William James Center for Research
Extensão: 
354
Email: 
pcosta@ispa.pt

Qualificações Académicas

Doutoramento em Psicologia, Universidade da Beira Interior, Portugal (2014)

Interesses de Investigação

Famílias homoparentais: Casais do mesmo género e desenvolvimento infantil

Novas configurações familiares: Dinâmicas e processos familiares em famílias por adoção, procriação medicamente assistida, gestação de substituição, co-parentalidade

Desejo e motivações parentais, transição para a parentalidade

Atitudes sociais, estigma e preconceito (e.g. estigma sexual, sexismo)

Sexualidade(s) e saúde sexual ao longo do ciclo de vida (e.g. VIH, andropausa e menopausa, envelhecimento)

Psicologia LGBT

Principais Publicações

Costa, P. A., & Tasker, F. (2018). “We wanted a forever family”: Altruistic, individualistic, and reasoned motivations for adoption among LGBTQ individuals. Journal of Family Issues, 3(18). doi: 10.1177/0192513X18810948


Costa, P. A., Carneiro, F., Esposito, F., D’amore, S., & Green. R.-J. (2018). Sexual prejudice in Portugal: Results from the first wave European study on heterosexuals’ attitudes toward gay and lesbian marriage and parenting. Sexuality Research and Social Policy, 15, 99-110. doi: 10.1007/s13178-017-0292-y

 

Carneiro, F., Salinas-Quiroz, F., & Tasker, F., Leal, I., & Costa, P. A. (2017). A systematic and critical review of studies on gay and bisexual fatherhood. Frontiers in Psychology, 1636. doi: 10.3389/fpsyg.2017.01636

 

Costa, P. A., & Bidell, M. (2017). Modern Families: Parenting desire, intention, and experience among Portuguese lesbian, gay, and bisexual individuals. Journal of Family Issues, 38, 500-521. doi: 10.1177/0192513X16683985

 

Costa, P. A., Pereira, H., & Leal, I. (2015). The contact hypothesis and attitudes toward same-sex parenting. Sexuality Research and Social Policy, 12, 125-136. doi: 10.1007/s13178-014-0171-8